CONSERVATÓRIO DE MÚSICA

“A Física deu-me algo que nunca poderei pagar ou esquecer. A música vai ficar comigo para sempre.”

Lúcia Quintino, 11 anos, Violinista

Conservatório de Música da Física de Torres Vedras
Luís António Maldonado Rodrigues

Estabelecimento de Ensino apoiado pelo Ministério da Educação

Contrato de Patrocínio nos termos da Portaria N.º140/2018 de 16 de Maio

 

O Conservatório de Música da Física, propriedade da Associação de Educação Física e Desportiva de Torres Vedras, iniciou a sua atividade no ano letivo 1979-1980 e obteve do Ministério da Educação a Autorização Definitiva de Funcionamento a 19 de Janeiro de 1981.

Assumiu-se, assim, como a primeira (e única durante anos) escola de música da região oeste a funcionar com paralelismo pedagógico à Escola de Música do Conservatório Nacional, tendo neste momento Autonomia Pedagógica.

Todos estes anos de funcionamento permitiram formar músicos, com um percurso profissional como intérpretes, professores em vários níveis de ensino e ainda cidadãos com uma sólida cultura musical e realização pessoal.

As inscrições têm habitualmente início no mês de junho, em data a definir.

Área Reservada

Para aceder à área reservada clique aqui.

Oferta Formativa

  • Canto
  • Clarinete
  • Contrabaixo
  • Fagote
  • Flauta de bisel
  • Flauta transversal
  • Guitarra clássica
  • Oboé
  • Órgão
  • Percussão
  • Piano
  • Saxofone
  • Tuba
  • Trompa
  • Trompete
  • Viola de arco
  • Violino
  • Violoncelo

Direção Pedagógica

  • Susana Duarte
  • Reyes Gallardo

Corpo Docente

Adriana Rodrigues – Coro, Formação Musical e Iniciação Musical
Alexandra Fontes - Coro e Formação Musical
Afonso Miranda – Piano, História da Cultura e das Artes
Ana Mendonça – Piano
Ana Van Zeller - Flauta transversal
Bárbara Silva – Fagote
Daniel Oliveira – Órgão
Daniel Bento – Piano
Daniela Vicente - Oboé
David Santos – Trompete
Débora Bessa - Flauta de bisel
Diana Afonso – Canto
Dinis Carvalho – Saxofone
Edgar Barbosa – Trompa
João Pedro Afonso - Órgão
João Menezes – Clarinete
João Prezado – Guitarra
João Trindade – Guitarra
Margarida Braz - Piano
Nuno Mendes - Violino
Pedro Frazão - Tuba
Pedro Martins – Percussão
Pedro Massarrão – Violoncelo
Reyes Gallardo – Violino e Viola de arco
Ricardo Meira – Flauta transversal
Rodrigo Cardoso – Análise e Técnicas de Composição
Sandra Escovar – Violino
Sandra Nunes – Piano
Sérgio Figueira – Guitarra
Susana Duarte – Canto, Coro e disciplinas teóricas
Svetlana Dubceac – Coro e Formação Musical

 

Iniciação Musical

A partir dos 4 anos de idade. Aulas de Iniciação Musical e/ou de Iniciação ao Instrumento.

Curso Básico de Música

Portaria N.º 223-A/2018 de 3 de Agosto

Regime articulado: para alunos que vão ingressar no 5º ano de escolaridade. Articulação com a escola de ensino regular – as disciplinas de Música (Classes de Conjunto, Instrumento e Formação Musical) fazem parte do plano de estudos.

Regime supletivo: para alunos que já frequentam outros anos de escolaridade no ensino regular. As disciplinas de Música são feitas fora do plano de estudos do ensino regular.

Curso Secundário de Música

Portaria N.º 229-A/2018 de 14 de Agosto

Regime Articulado: para alunos que pretendem prosseguir estudos de Música no ensino superior.

Regime Supletivo: para alunos que pretendem fazer disciplinas do curso secundário de Música com a possibilidade (mas sem a obrigatoriedade) de prosseguir estudos de Música no ensino superior.

Curso Livre

Destinados sobretudo a jovens e adultos, não seguem um plano de estudos obrigatório nem oficial. Podem incluir aula de Instrumento (individual ou em pequeno grupo) e aulas de grupo (teóricas e/ou práticas).

Candidaturas Ensino articulado de Música 2024-25

Estão abertas as candidaturas para o ensino articulado de música para o próximo ano letivo!

Faz aqui a tua candidatura até ao dia 20 de junho.

(Provas de seleção dia 22 de junho)

CANDIDATURA ENSINO ARTICULADO 2024-25